Evangelista Pastor Ulrich Parzany ministra Atualização Teológica na FLT

Nos dias 27 a 29 de abril ocorreu um evento especial nas dependências da FLT. O renomado evangelista da Alemanha, pastor Ulrich Parzany, que foi até 2014 o principal organizador do evento evangelístico ProChrist, realizado de 3 em 3 anos e transmitido via satélite para 17 países da Europa, ministrou um curso sobre o tema missão e evangelização.

O evento contou com a participação dos missionários da MEUC – Missão Evangélica União Cristã, e dos estudantes de teologia e do curso bíblico básico (CBB) da FLT.
As palestras foram, segundo os presentes, de qualidade extraordinária. O vigor e a motivação incomum do evangelista, desafiaram constantemente os presentes. Parzany abordou os seguintes temas:
1 – A compreensão bíblica da missão e da evangelização
2 – O conteúdo da evangelização
3 – As formas da evangelização – Evangelho e cultura
4 – A homilética da pregação evangelística
5 – A reivindicação da verdade e a tolerância – Evangelização na Pós-modernidade

Com abordagens de uma retórica arrebatadora Parzany mostrou aos presentes o quão imprescindível é o papel da evangelização hoje, no que diz respeito tanto ao cumprimento da missão de Deus (missio Dei) quanto à revitalização da igreja. Motivou os presentes a convidarem as pessoas pós-modernas a seguirem uma vida com Jesus Cristo. Falou sobre os desafios, as dificuldades e os percalços, tanto eclesiásticos quanto culturais. Enfatizou a necessidade tanto da evangelização pessoal quanto da evangelização pública. Abordou a questão filosófica, cultural e teológica da “tolerância”, baseando-se no sociólogo Jürgen Habermas: “Quando devemos ser tolerantes? Nós não precisamos ser tolerantes, quando nós de qualquer forma formos indiferentes à concepções e definições estranhas ou quando apreciamos o valor desse ‘outro’... A virtude política da tolerância é requerida somente então, quando os envolvidos considerarem a sua própria reivindicação de verdade como algo ‘não negociável’ no conflito com a reivindicação de verdade de um outro, e por isso eles permitem que o dissenso que permanece seja visto como questão não decidida, para que no nível da convivência política eles mantenham uma base comum de convívio”. (Über die Konkurrenz von Weltbildern, Werten und Theorien, Berlin-Brandenburg. Akademie der Wissenschaften 29. 6. 2002). Enfatizou que a virtude política da tolerância é o mínimo que se espera de cristãos e que isso não significa ser indiferente à questão da verdade, mas sim, defender uma verdade e lutar por ela, mas sempre mantendo a paz política e social na convivência com as pessoas. Por fim, Parzany conclamou de diversas formas os presentes a anunciarem claramente a Jesus Cristo como único salvador e redentor da humanidade. Isso nunca é feito de forma compulsória, ou forçada, mas sempre como convite à fé. Baseado em 2 Co 5,20s, Parzany destacou que a “evangelização sempre acontece na modalidade de um ‘pedido’”, isso é, convidamos e pedimos às pessoas que se deixem reconciliar com Deus.
Os Diretores da MEUC, Miss. Carlos Kunz, e da FLT, prof. Claus, avaliaram o evanto com sendo muito positivo e de elevada relevância, seja para o ministério missionário ou para a formação teológica como um todo.
Reiteraram que foi uma honra ter alguém de tão larga experiência na área como Parzany, que sem dúvida é o maior nome da evangelização na Alemanha e na Europa, na atualidade.
No mês de maio Parzany ministrará palestras sobre temas da atualidade em Jaraguá do Sul e em Blumenau/SC.

Faculdade Luterana de Teologia - FLT
Rua Wally Malschitzki, 164 - Mato Preto
São Bento do Sul - SC - CEP 89285-295