Núcleo de práticas litúrgicas da FLT conclui suas atividades de 2018.


No dia 28 de novembro, o Núcleo de Práticas Litúrgicas (NPL) da FLT teve seu último encontro de 2018. Os docentes Prof. Dr. Paulo Afonso Butzke e Prof. Dr. Roger Marcel Wanke, que coordenam o NPL, fizeram um momento de feedback do culto de encerramento do semestre letivo, celebrado no dia 21 de novembro e dirigido pelos participantes do NPL. Uma das frases marcantes de um dos participantes, em relação à experiência de ter dirigido o culto foi: “Liturgia não pode ser coisa do pastor, pois o culto é da comunidade”. Muitos testemunharam com alegria sobre sua atuação na liturgia do culto, bem como também sobre a relação da música e do culto, como um aspecto importantíssimo a ser considerado e investido nas comunidades.
Além disso, foram traçados em conjunto os novos temas para o módulo avançado, que acontecerá no primeiro semestre letivo de 2019, com os mesmos participantes. Entre os temas escolhidos estão a liturgia prussiana (culto tradicional), celebrações de Taizé, culto de unção e bênção, bem como a segunda edição do Culto de Tomé.
Ao final, após a entrega de certificados como atividade complementar e de extensão da FLT, houve um momento de confraternização entre os participantes.
O Núcleo de Prática Litúrgica da FLT surgiu em 2017 com o objetivo de ser auxílio complementar e prático às disciplinas de Ofícios e Culto e Liturgia do curso de bacharelado em Teologia da FLT. Estudantes a partir do quarto semestre, quando cursam a disciplina de Culto e Liturgia, são convidados a participar do NPL, que se reúne semanalmente, nas quartas-feiras, das 17:30 às 19:00. Estudantes de turmas mais avançadas também são convidados a participar. A partir deste ano, o NPL ganhou também uma sala, o Laboratório Didático de Práticas litúrgicas, na qual estudantes têm a oportunidade de praticar a liturgia do culto cristão, bem como os ofícios eclesiásticos. Por meio de cenários litúrgicos móveis, o ambiente pode ser transformado em capela, possibilitando aos participantes a vivência real do espaço litúrgico, seja para a simulação de celebrações de culto e dos ofícios, como batismo, confirmação, bênção matrimonial e sepultamento. A forma de trabalho e a metodologia aplicada no NPL é do feedback, tendo como objetivo trabalhar potencialidades para que se tornem capacidades e competências à serviço da performance litúrgica. Os feedbacks ocorrem no grupo de forma construtiva, por meio da metodologia Blocking, isto é, passo a passo dos elementos da liturgia do culto cristão e Staging, isto é, o movimento e a desenvoltura no espaço litúrgico. O NPL é dividido em duas etapas. A primeira, o módulo básico, acontece sempre no segundo semestre letivo e tem como conteúdo principal uma introdução à performance litúrgica e as partes da liturgia do culto cristão a partir, principalmente, do Livro de Culto da IECLB. A segunda etapa do NPL, o módulo avançado, acontece no primeiro semestre letivo do ano e tem como conteúdo as novas formas de culto, ou formas já existentes e praticadas em diversas comunidades, bem como temas litúrgicos do interesse dos participantes.
Em 2018, o NPL encerra suas atividades com gratidão. Muitas foram as oportunidades de refletir e praticar a liturgia do culto cristão. Além de todas as atividades semanais, a celebração do culto de Tomé em Junho e a do culto eucarístico em novembro marcaram profundamente a vida da comunidade acadêmica.

Faculdade Luterana de Teologia - FLT
Rua Wally Malschitzki, 164 - Mato Preto
São Bento do Sul - SC - CEP 89285-295