Gratidão e novos desafios - P. Me. Marcelo Jung é docente em tempo integral na FLT

21 de janeiro de 2017, Igreja da Bela Aliança em São Bento do Sul. Após 13 anos e 11 meses de atuação na Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de Oxford (São Bento do Sul), chegou o momento da despedida – ou como se diz na linguagem técnica, “desinstalação” – do P. Marcelo Jung e sua família. Com a casa cheia e a presença do P. Sinodal, Inácio Lempke, o culto festivo aconteceu, sendo dirigido pela Pa. Daiana Ernest Schwalbe. A marca principal desse culto foi a gratidão pelo que Deus fez através do P. Marcelo, sua esposa Marta, e seus filhos Luisa e Igor durante esses anos. Foi sem dúvida uma experiência impressionante para todos os presentes perceber o carinho e a gratidão manifestos por cada um dos diversos grupos e ministérios da Paróquia à família Jung. Foram muitas as palavras e discursos de gratidão, muitos deles carregados de lágrimas e de muita emoção. A família deixou marcas de bênçãos e um exemplo de vida familiar e ministerial a ser seguido em muitos aspectos. Mas a principal tônica de praticamente todos os discursos foi a gratidão pelos ensinamentos e pela pregação da palavra ao longo desse período. A palavra de Deus foi semeada com abundância, fidelidade às Escrituras e profundidade – isso foi o principal e aquilo que “ficará” de modo especial na memória da comunidade.

E para onde conduzirão os novos caminhos da família Jung? Geograficamente, as coisas praticamente não mudam. As novidades e mudanças residem no ministério a ser exercido pelo P. Marcelo. Ele, que já vinha atuando como docente de Novo Testamento na FLT – Faculdade Luterana de Teologia uma manhã por semana desde 2012, passará a atuar em tempo integral nessa função a partir de fevereiro de 2018. O Prof. Dr. Claus Schwambach, Diretor Geral da FLT, em seu discurso no culto de desinstalação, expressou a alegria da instituição em acolhê-lo como docente: “Para a FLT é um privilégio acolher alguém com a bagagem ministerial e o evidente dom de ensino como o P. Marcelo. Nossa visão é de que futuros Pastores e Pastoras devem ter como mestres pessoas com tal bagagem e experiência ministerial. Pessoas que sabem como é o ministério pastoral e que se empenharão por preparar academicamente uma nova geração de Ministros e Ministras para uma atuação pastoral, fortemente marcada por uma postura missional, preocupada não somente com a manutenção, mas com o crescimento da igreja”. Dessa forma, a FLT dá as boas-vindas à família Jung, e deseja que essa nova etapa seja marcada pelas intervenções graciosas de Deus. Que Deus os abençoe adiante, para que continuem a ser uma bênção para outros!

Prof. Dr. Claus Schwambach

Diretor Geral da FLT

Faculdade Luterana de Teologia - FLT
Rua Wally Malschitzki, 164 - Mato Preto
São Bento do Sul - SC - CEP 89285-295