FLT realiza 2º Fórum de Pesquisa

No contexto da Jornada Acadêmica, nos dias 26 e 27 de abril, no período vespertino, aconteceu na FLT o 2º Fórum de Pesquisa. Como espaço privilegiado de socialização de pesquisa entre docentes e discentes, o 2º Fórum foi uma amostra e discussão de 15 temas, dessa vez, exclusivos de discentes, em projetos de iniciação científica do Curso de Bacharelado em Teologia da FLT. Ensaios monográficos nas áreas histórico-sistemática e prática, bem como pesquisas exegéticas de textos bíblicos, tanto do Antigo como do Novo Testamento, foram apresentados e discutidos em plenária, na forma de comunicações científicas.
No primeiro dia, o Fórum de Pesquisa oportunizou um diálogo com o pastor e Prof. Dr. Renato C. Raasch, um dos palestrantes da Jornada Acadêmica, que compartilhou suas experiências e desafios de ministério em perspectiva missional, na Comunidade Nova Esperança, na cidade de Curitiba, onde atua como ministro da IECLB desde o início de 2015. Renato animou estudantes a mergulharem fundo no período de formação, no estudo da Teologia, para estarem bem preparados diante dos desafios do ministério. Mais do que isso, Renato falou da importância do ser discipulado, acompanhado por alguém enquanto ministro e do fazer discípulos como prioridade ministerial.
Já no segundo dia, o Prof. Dr. Roger Marcel Wanke apresentou um breve relato da Pesquisa em torno de Lutero na FLT. Além de destacar a pesquisa realizada pelos docentes, por meio de suas linhas de pesquisa, participação em congressos e comissões nacionais e internacionais e publicações, Roger destacou a produção acadêmica em torno de Lutero e de sua teologia por parte do corpo discente da FLT, através de Ensaios Monográficos e Trabalhos de Conclusão de Curso. Os temas mais pesquisados sobre Lutero e sua teologia entre discentes da FLT foram a eclesiologia de Lutero, seu escrito “De servo arbitrio”, sua concepção sobre as boas obras e sobre os sacramentos do Batismo e da Ceia do Senhor. Roger aponta que a pesquisa em torno de Lutero de apresenta como campo aberto, podendo ser mais bem explorado. Como possibilidades de pesquisa, Roger indica, entre tantos, estudos em torno dos escritos reformatórios (1520), a teologia prática em Lutero, estudos acerca da interpretação bíblica de Lutero, a pneumatologia de Lutero e não por últimos suas pregações.
O 2º Fórum de Pesquisa da FLT foi um momento dinâmico de aprendizado e socialização de temas relevantes, não por serem meramente acadêmicos e científicos, mas porque surgiram na vida de estudantes a partir de seu confronto com o Evangelho, com a Teologia, com sua vida pessoal e suas reflexões em torno do ministério.
Confira o resumo dos temas apresentados nas comunicações em anexo

Faculdade Luterana de Teologia - FLT
Rua Wally Malschitzki, 164 - Mato Preto
São Bento do Sul - SC - CEP 89285-295