Egressos 2001

Ario Arndt

Período em que estudou na FLT:
1996-2001

Breve descrição de sua trajetória de trabalho e/ou ministerial:
Depois de formado fiz o PPHM em Lages/SC. Minha ordenação e primeiro pastorado aconteceram em Morro Redondo/RS; depois pastorei em São Leopoldo/RS, na paróquia Scharlau; e atualmente estou em Joinville/SC, na paróquia Rio da Prata.

Desafios pessoais/familiares/ministeriais e motivos de oração a compartilhar:
Nossa oração e desafio é proclamar o Evangelho para que mais pessoas creiam em Cristo e se mantenham firmes na fé.

A formação teológica é o meu o alicerce na prática do ministério.

Joel Schlemper

Período em que estudou na FLT:
1997 a 2001

Breve descrição de sua trajetória de trabalho e/ou ministerial:
- Período Prático (PPHP):
Paroquia Evangélica de Confissão Luterana da Ascenção (Novo Hamburgo/RS) – Sínodo Rio dos Sinos. Ano de 2002
- Pastor:
1) Janeiro de 2003 a janeiro de 2009 - Segundo pastorado da Paróquia Evangélica de Confissão Luterana em Presidente Getúlio (Dona Emma/SC) – Sínodo Centro-sul Catarinense.;
2) Desde fevereiro de 2009 - Paróquia Evangélica de Confissão Luterana em Barreiros - Sínodo Centro-sul Catarinense.
IECLB: Integrei o Grupo Coordenador de ECC (Educação Cristã Continuada) da IECLB entre 2009 e 2012.
Conselho da Igreja (IECLB). Represento o Sínodo no Conselho da Igreja desde julho de 2014.
- Sínodo Centro-sul Catarinense:
1) Coordenador do Departamento Infantil entre 2006 e 2009;
2) Membro da Coordenação Sinodal de ECC de 2009 a 2015;
3) Coordenador Sinodal de ECC de 2011 a 2015;
4) Integrante da Assessoria de Missão do Sínodo desde 2015.

Local de atuação e função exercida atualmente:
Paróquia Luterana em Barreiros no município de São José/SC
A Paróquia em Barreiros tem em torno de 450 membros batizados em duas Comunidades e um Ponto de Pregação.
A sede da Paróquia está localizada em São José/SC no distrito de Barreiros onde está a Comunidade. Na Comunidade sede há dois cultos dominicais e atividades em 11 ministérios diferentes durante a semana.
A segunda Comunidade fica na cidade vizinha, Biguaçu, onde foi iniciada a plantação de uma Comunidade no segundo semestre de 2010 com a realização de um projeto missionário em parceria com a Missão Zero, Sínodo Centro-sul Catarinense, Faculdade Luterana de Teologia e Secretaria de Missão da IECLB. Em 2012 foi instalado o segundo CAM da Paróquia com um ministro de tempo integral na Comunidade Missionária de Biguaçu. Atualmente participam dessa Comunidade mais de 30 famílias com um culto dominial e diversas atividades durante a semana.
O Ponto de Pregação está localizado no interior de Biguaçu, na localidade de Sorocaba onde cinco famílias se reúnem em culto e estudo bíblico duas vezes por mês nas casas dos membros. Este é o único local com contexto rural da Paróquia em Barreiros.

Desafios pessoais/familiares/ministeriais e motivos de oração a compartilhar:
No nível pessoal estou amadurecendo os desafios e o passo a passo para a Revitalização de Comunidades. Entendo que Comunidade Revitalizada é aquela com uma espiritualidade significativa e transformadora e com uma teologia e prática missional que consegue comunicar o verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo para a cultura na qual está inserida. Entendo que a revitalização deve começar na vida do ministro para então, num programa bem planejado, ser levada à Comunidade. Para a revitalização do ministro, é necessária uma agenda de estudo, discipulado pessoal e cursos que estão em andamento. O projeto de revitalização da Comunidade está em andamento, dando os primeiros passos.
No nível familiar temos o desafio de educar e sustentar três filhos na cultura vigente com todos os desafios de se viver num contexto urbano, secularizado e pós-moderno. A educação dos filhos não é desassociada da sociedade que chamamos de Tribo Glocal, ou seja, que é ao mesmo tempo de cultura local e global.
Ainda no nível familiar, minha esposa que trabalha no contexto universitário e onde também está terminando o mestrado, tem o desafio de comunicar o Evangelho para dentro de seu contexto, além, é claro, de terminar o mestrado.

A boa e sólida formação teológica feita com apaixonante vocação, seriedade com o chamado e responsabilidade com a Igreja de Cristo, trará salvação e transformação ao caído mundo.
Nesse sentido, incentivo aqueles que vão buscar formação teológica com vistas ao ministério de tempo integral a testar e comprovar o chamado vocacional. Para aqueles que estão no processo de formação, entendo que o desafio é deixar a boa formação descer ao coração e moldar também a vida.

Faculdade Luterana de Teologia - FLT
Rua Wally Malschitzki, 164 - Mato Preto
São Bento do Sul - SC - CEP 89285-295